sexta-feira, 23 de janeiro de 2015

Ageu magalhães fala de Daniela Mercury

Hoje, acordei de manhã, melancólico, à procura de algo novo para fazer, portanto, dirigi-me para o computador, liguei a internet e procurei algo para refutar.
Encontrei um artigo do blog bereianos, escrito por Ageu Magalhães.
''Daniela Mercury obrigado...''´
Achei interessante que outro palhaço da midia tenha usado o casamento de uma mulher homossexual que ''foi'' ''heterossexual'' durante vários anos para ''comprovar'' que homossexualidade é opção.
Sabe qual é o significado da palavra ''comprovar''?
Então, como trabalho de casa, eu lhe mando procurar no dicionário.
Se Daniela Mercury nasceu homossexual, porque insistiu tanto na heterossexualidade, vivendo durante 15 homens?
Em primeiro lugar, deixem-me comentar o quando acho obsessivo o comportamento dos pastores evangélicos, em querer ridicularizar a homossexualidade.
Acho doentio... E mesmo que homossexualidade fosse comportamento, eu preferia antes ilegalizar esse comportamento obsessivo dos pastores evangélicos do que a homossexualidade, já que o comportamento dos pastores é mesmo ridículo.... È palhaçada autêntica.
Ok, agora vamos ao assunto da homossexualidade de Daniela Mercury.
Teria Daniela Mercury, agido contra sua própria natureza, violentando os seus desejos homossexuais e submetendo-se a uma união infeliz?
Óbvio.
Ela provavelmente se casou com homens gays, daqueles que tomavam viagra para ficar com tesão e colocavam vaselina na pila, enquanto que ela fazia um esforço para ter os filhos e passar por despercebida nesta sociedade machista e homofóbica.
Nós usamos máscaras a toda a hora para esconder a nossa verdadeira cara, assim como você pastor ageu, que vive falando em verdade, mas conta uma mentira para todos nós.
Se a sociedade acha que a minha cara é nojenta, diabólica e digna de ser queimada na fogueira da inquisição, julga que eu não me submeteria a casar-me com uma mulher que não gosto e a violentar os meus verdadeiros desejos?
Òbvio que sim.
Eu nasci com um medo inferior ao da maior parte e sendo assim, não consegui ser conformista.
E é claro... Com respeito próprio. O pastor Ageu sabe o que isso é?
È óbvio que é nojento ter relações sexuais com alguém, por quem não sentimos atracção, mas se nós precisar-mos fazer isso para sobreviver, nós o faremos.
Eu não acho que preciso disso, só que algumas pessoas possuem dentro de seus cérebros, uma definição errada da palavra sobrevivência, não é?
Ela casou-se, teve filhos e nunca mais teve relações sexuais com o marido.
Enquanto os dois viviam juntos para manter a máscara, ás escondidas iam viver as suas paixões.

Se você não é gay nem lésbica, então não faz ideia da quantidade de pessoas que faz isso.
Algum argumento contra ou vão apenas criticar os meus erros ortográficos?

Ageu Magalhães espero refutação

1 comentário:

  1. Os pastores perdem muito tempo "perseguindo" homossexuais, se usassem toda essa energia para tentar tornar o mundo um lugar mais agradavel tenho certeza que seria. Se Deus é amor então toda forma de amor é válida e ninguem pode julgar o amor homossexual, não existe uma forma de provar que não há amor entre iguais, e pela força que os casais homossexuais tem por enfrentar afrontar diariamente eu acho que isso seria prova ais que o suficiente.
    Cada dia que passa mais descrente eu fico....

    ResponderEliminar